Especial Dia do vizinho

Ouve-se muito a seguinte frase: “A grama do vizinho é sempre mais verde”. No dia do vizinho, resolvemos fazer um conteúdo para que você cuide da sua grama e deixe ela mais bonita do que a casa ao lado.

Ter uma piscina em casa é valorizar ainda mais a residência, além de trazer lazer e conforto aos moradores. Infelizmente, muitos se esquecem de incrementar um projeto paisagístico para esta área e escolhem tipos de plantas que não disponibilizam segurança e nem se adaptam bem ao local. Por este motivo, fizemos este tópico especial para que você saiba que existe uma grama certa para cada local, inclusive para a piscina.

Conheça os diferentes tipos de gramas e escolha a que adequa melhor à sua residência. 

  1. Esmeralda

A grama esmeralda possui como principais características: alta resistência a pisoteio, combate nativo a infestação de pragas, adaptação climática e pode ser utilizada em locais que possuem cachorro. Suas principais formas de utilização são em áreas de jardins residenciais, playgrounds, parques recreativos e chácaras. Atualmente a esmeralda é a grama mais vendida e utilizada no Brasil. Acostuma-se facilmente ao calor, porém, não pode ser plantada em locais com muito sombreado, pois suas folhas podem sofrer alterações de coloração, além de ficarem ralas e desuniformes. Em caso de manutenção, ela pode se tornar mais econômica por precisar de cuidados apenas semestralmente. E se o solo for fértil ou apresentar um PH em torno de 6.0 a 6.5 é indispensável a aplicação de fertilizantes. O mais atraente é seu custo benefício, é fácil de ser cuidada e de ser encontrada. Atualmente ela apresenta um dos menores preços de mercado.

  1. Bermuda

Espécie com altíssima resistência a pisoteio, ideal para quem pretende gramar um campo esportivo, golfe, futebol ou que possui animais de estimação. Grama com boa adaptação tanto para um clima frio ou quente. Além disso, possui uma boa tolerância a insetos. A manutenção é mais complicada por ter um crescimento rápido, exigindo-se maior frequência na podagem.

  1. Grama sintética

A grama sintética é uma alternativa prática e econômica para quem deseja um ambiente bonito com aparência natural. Se quer evitar gastos com jardineiros e manutenção do jardim, é uma ótima escolha. Não é preciso se preocupar com infestação de insetos, adubação ou podar com frequência. Tem uma duração média de 05 anos, mas deve-se levar em consideração se o local possui muito pisoteio ou muito exposição ao sol, pois nesses casos o seu desgaste é maior.

Muitos se preocupam com a limpeza por terem animais de estimação e crianças em casa, a boa notícia é que ela pode ser limpa sim e com facilidade. A grama sintética possui ótimas vantagens para ser utilizada em piscina, pois é antiderrapante, não esquenta com o sol e é bem higiênica.

  1. Batatais

A grama Batatais é conhecida também com os nomes de Matogrosso, grama de pasto e gramão. Possui alta resistência a pisoteio, tornando-se uma ótima opção para locais onde as pessoas tendem a andar sobre o gramado. É indicada para jardins pequenos, grandes e até mesmo esportivos. Resistente a secas e variedade de clima quente, desenvolve-se melhor em locais de clima tropical e subtropical. As gramas batatais têm um crescimento acelerado e sua manutenção deve ser aparada sempre que o volume ultrapassar aproximadamente três centímetros. É necessário ser instalada em um local com plena luz do sol e longe de regiões frias.

Não erre na jardinagem, escolha um gramado ideal para o seu projeto. Existe uma infinidade de plantas para compor a área da piscina, basta escolher a melhor e desfrutar com conforto a sua área de lazer.

Veja a galeria de casas que estão disponíveis para venda e são exemplo de jardinagem:

 

Compartilhar: